O que fazer para o seu marido parar de vez com o Vício em pornografia?

Por: Rafael Rossi
Por: Rafael Rossi

Psicólogo

Como parar hoje?

Entre para nossa lista e receba Dicas Exclusivas sobre como  parar com o Vício em Pornografia ainda hoje →

Um problema científico

Em primeiro lugar, é preciso entender que o vício em pornografia é um problema cientifico. Sua existência é fruto de uma série de mudanças compartilhadas no cérebro, que afetam tanto a sua química como sua anatomia e refletem em sintomas e sinais específicos no comportamento.

Para colocar de forma resumida: como a pornografia está associada a um instinto de sobrevivência básico (a reprodução), ela acaba atuando diretamente no sistema de recompensas do cérebro humano de uma forma não prevista pela natureza.

A exposição ao material pornográfico faz com que as áreas do cérebro relacionadas ao prazer sejam dessensibilizadas e exijam cada vez mais variedade para produzir a mesma quantidade de prazer de antes, induzindo as pessoas ao consumo excessivo, à escalação para gêneros cada vez mais intensos, a compulsão sexual, a incapacidade de parar e aos outros sintomas como por exemplo a capacidade de formar vínculos e laços afetivos duradouros.

No ano passado, quando os cientistas injetaram dopamina nos cérebros de ratos de laboratório, os animais que eram naturalmente monogâmicos deixaram de ter preferência por um parceiro.

A estimulação artificial sequestrou o seu sistema dopaminérgico, deixando-os exatamente como os mamíferos regulares (promíscuos) – nos quais os circuitos cerebrais para ligações duradouras estão ausentes.

A pesquisa também mostrou que a estimulação supranormal enfraquece os laços afetivos em humanos.

De acordo com um estudo de 2007, a mera exposição a inúmeras imagens femininas sexy faz com que um homem desvalorize seu parceiro da vida real.

Ele classifica-a menos não apenas em atratividade, mas também em calor e inteligência.

Além disso, após o consumo de pornografia, indivíduos de ambos os sexos relatam menos satisfação com seu parceiro íntimo – incluindo o afeto, a aparência, a curiosidade sexual e o desempenho. Além disso, homens e mulheres acabam atribuindo maior importância ao sexo sem envolvimento emocional.

Mas a boa nova, é que esse problema pode ser totalmente revertido:

“Não muito depois de deixar o pornô, notei aumento de energia, maior atenção e maior auto-estima. Depois de um mês – embora tenham sido necessárias várias tentativas para chegar lá -, essas melhorias foram cada vez maiores. Um par de meses depois, eu estava fazendo sexo real. É bom ficar excitado com pequenas coisas, como uma blusa reveladora ou apenas o cabelo brilhante e a fragrância de uma mulher.”

 

Uma luz no fim do túnel

Se o fenômeno do vício em pornografia está por trás dos sintomas de seu marido ou namorado, ele precisa restaurar a sensibilidade natural do seu cérebro. Isto é chamado de “reboot”, em português “reinicialização” ou “restauração”.

Para dar um reboot no seu cérebro, ele precisará dar um descanso de todo o estímulo sexual intenso como pornografia, masturbação, orgasmo e fantasias sexuais, até ele recuperar novamente sua resposta natural a esses estímulos.

Para muitas pessoas a masturbação está fortemente ligada às fantasias, por isso deve-se evitar a ambos no início.

É claro, no começo isso será muito difícil. O cérebro de uma pessoa viciada em pornografia está dependente do estímulo contínuo de dopamina e de outras substâncias neuroquímicas associadas à pornografia pesada.

Suas conexões reforçadas que ligam a satisfação de curto prazo a qualquer gatilho associado à pornografia estão a mil.

Gatilhos como ficar sozinho em casa, imagens picantes ou mesmo stress e ansiedade, podem ativar a rotina pornô do cérebro dele e a única forma de enfraquecer essas conexões é parar de usar e reforçar estes caminhos.

Desta forma, gradualmente, essas conexões cerebrais associadas à pornografia e às fantasias sexuais irão diminuir.

 

Como fazer o Reboot?

Para aprender a fazer o reboot (tratamento), recomendamos a leitura de nossos materiais introdutórios ou então a participação em nosso fórum gratuito. Caso o seu marido ou namorado tenha urgência em resolver este problema, recomendamos que eles realize o Programa Revert, que é o nosso tratamento completo idealizado especificamente para lidar com o vício.

Criado pelo psicólogo Rafael Rossi, que também é o criador do site Vício em Pornografia Como Parar, o Programa Revert é um treinamento digital, voltado para pessoas que estão viciadas em pornografia e também para as esposas de maridos que estão passando por este problema e desejam realizar o reboot.

Totalmente baseado em estudos neurocientíficos relacionados ao vício, o Programa Revert foi desenvolvido para guiar, passo-a-passo, de forma prática, segura e eficaz qualquer pessoa interessada reverter os sintomas induzidos pelo vício em pornografia num prazo de até 90 dias. Ele também ensina como manter os resultados do treinamento ao longo dos anos após a sua conclusão.

Além do conteúdo principal em vídeo, composto por 5 módulos de treinamento que totalizam mais de 6 horas de aulas, o Programa Revert ainda vem com 8 bônus exclusivos, entre eles o S.O.S Relacionamento – um treinamento exclusivamente focado em tirar as principais dúvidas de namoradas e esposas de pessoas viciadas em pornografia e também como lidar com essa situação. Para conhecer mais sobre o Programa Revert, clique aqui.

Como parar hoje?

Entre para nossa lista e receba Dicas Exclusivas sobre como  parar com o Vício em Pornografia ainda hoje →

Talvez possa lhe interessar:

Conheça o nosso Método oficial de 3 Simples Passos para Você Se Livrar do Vício em Pornografia – E Nunca Mais Voltar Para Ele!

Compartilhar
Twittar
Email
WhatsApp