Reboot do Seu Madruga

seumadruga

Hoje, venho finalmente anunciar que meu reboot de 90 dias está completo. Realmente é uma satisfação poder anunciar que fiquei 3 meses longe da pmo. Agora que finalmente completei o meu desafio, venho agradecer e dizer um pouco sobre essa jornada.

O início

Comecei a ver pornografia lá pelos meus 13 anos. Como o computador ficava no meio da casa, só via qnd meus parentes saiam. Mas a internet era das piores, logo era no máximo um videozinho por semana, e olhe lá. Como aquilo era tudo novo pra mim, eu não ia exatamente pelo conteúdo, mas principalmente pela curiosidade. Eu tinha muito medo de meus descobrirem, e de meu pc pegar vírus, então quase nunca acessava.

Pois bem, fiquei muito tempo sem acessar, mas uma vez ou outra ia dar uma espiada. Como meus hormônios estavam à flor da pele, era comum eu me masturbar umas 3 vezes por semana. Mas por conta de minha crença, me sentia muito culpado, e tentava parar. Mas é claro que não conseguia ficar mais de 3 semanas.

Em geral sempre fui um pouco tímido. Sempre tive amigos, mas apenas os da escola. Era o nerd da sala mas mesmo assim quase tds gostavam de mim. O problema foi que me acomodei, e minha adolescência quase td era ir pra escola, estudar, comer, dormir e, às vezes, pmo.

Cansado disso tudo, muitas vezes, confesso, pensei no suicídio. Apesar de ter todo conforto, e atenção de meus pais, não tinha disposição, e falta de vontade de viver.

Então aos 16 anos, eu li sobre os malefícios da pornografia e por muita sorte achei o fórum. Foi uma nova motivação.

As primeiras tentativas

Não pensei duas vezes, e comecei meu reboot. Porém, minha motivação principal continuava sendo o remorso, e mesmo com os bloqueadores e tudo mais, acabava caindo em menos de 1 mês. E esse ciclo se repetiu, muitas e MUITAS vezes. Foi então que no ano passado, no meu terceiro ano, decidi encarar um pouco mais sério o reboot.

Era meu último ano na escola, portanto não queria que fosse apenas mais um ano como os outros. É preciso dizer, que a escola era praticamente tudo para mim. Passei grande parte do meu tempo lá, meus amigos eram tds de lá.

Naquele sentimento de saudosismo de todo terceiro ano, todos nós nos conhecemos melhor. Logo eu comecei a me socializar muito mais. Conheci novas pessoas, e queria fazer o máximo de coisas possíveis. Como motivação a mais, comecei novos reboots, entrei na banda da escola e etc.

Os primeiros resultados

Logo, estava eu tendo um dos melhores anos da minha vida. Com isso, estudei mais para o vestibular, e conheci novas pessoas. Cheguei em muitas meninas e duas me marcaram muito. Porém por pequenas coisas não tive nada sério com elas. Mas, virei um grande amigo de uma, (não, não fiquei na friendzone), simplesmente percebemos que não éramos muito compatíveis. Mas fui a muitos lugares com ela, e vivi muitosbons momentos. Mais uma motivação para continuar o reboot.

No meu auge fiquei dois meses sem pmo, por vontade própria e sem acessar o fórum nem nada. Mas logo o terceiro ano estava perto de acabar e mesmo tendo esperança no vestibular, sentia que muita coisa iria mudar. Era TODA minha realidade que iria simplesmente se diluir. Fiquei meio em estado de choque, mas continuei com um pensamento que toda a alegria ia acabar no dia da formatura.

E ficaria sozinho depois de tudo. Logo, vi que passava por um momento crucial. Ou encarava todas as mudanças, ou dava um fim em tudo por conta própria.

A reviravolta

Depois da formatura, senti que meu chão tinha sumido. O que faria eu agora. Logo, acabou-se tudo e eu voltara a me afundar na pmo, e já pensava em acabar com a minha vida. Mas então, graças a Deus, vi que minha vida não se resumia apenas àquilo. Tinha uma família que me apoiava e fui tocado profundamente por algo.

Então, um dia antes da virada do ano novo (2016), fiz uma escolha. Decidi continuar com a minha vida, e iniciar um novo reboot. Este seria praticamente minha base para meus futuros planos. Se ele desse errado, tudo daria errado. A data do reboot era algo muito simbólico para mim, seria o começo de uma nova etapa.

Então, entrei de todo corpo e alma, e encarei o desafio. os primeiros dias foram muito fáceis, logicamente. Apesar disso, estava em um estado anestesiado, sem saber tudo o que ocorria, quase numa espécie de depressão, desencantamento. Foi então que percebi que o único motivo que me deixara vivo, era minha fé. Fé de que Deus realmente se importava comigo, que apesar de todo o mal no mundo, eu ainda poderia plantar algo de especial.

Logo como era início de ano, e o resultado do vestibular não havia saído, decidi fazer uma viagem sozinho. Viajei para o Tocantins e passei quase 3 semanas por lá. Foi algo que realmente renovou minha força, esperança e fé. Quando voltei, recebi a notícia que havia passado no vestibular. Foi realmente algo gratificante.

Comecei minhas aulas no dia 7 de Março, e nos primeiros dias já fiz alguns amigos. Agora decidi continuar o curso, e não mudarei de forma alguma se não tiver algum motivo maior. E pouco a pouco torno-me mais responsável, e minha fé a cada dia está sendo alimentada.

O presente

Agora, aprendi que todo o sucesso do meu reboot foi minha fé. Se não fosse por ela não teria conseguido chegar aqui. E claro, o reboot. Pela primeira vez consegui completá-lo, e desta vez no modo hard sem bloqueador ou qualquer outra coisa. O bloqueio agora vem de mim mesmo, da minha própria vontade. Foi um reboot que eu já iniciei sem permitir o fracasso. Mas é claro que a experiência dos reboots anteriores fez total diferença. E, apesar de ainda não ter vencido todos os defeitos e prejuízos que a pornografia me trouxe, a primeira etapa está concluída. Agora eu realmente sei que é possível sair desse vício. E que o principal meio é o entendimento do problema e a fé.

Minha mensagem

Continuarei acompanhando o fórum e procurarei ajudar e aprender mais com os outros rebooters. Qualquer dúvida sobre o meu reboot, é só me perguntar. Quero deixar um agradecimento especial ao criador de todo esse projeto, do ebook e do fórum. Você fez e continua fazendo um trabalho magnífico na vida de muitas pessoas. E eu quero, assim como você, que muitas outras pessoas se livrem desse vício, e ajudarei para que elas conheçam este trabalho.

Caros amigos rebooters, hoje sou uma pessoa muito diferente daquela que começou o reboot. Mas foi a pequena fé daquele menino que me trouxe até aqui. Portanto, não importa a situação em que estejam, basta acreditar que é possível mudar, não apenas parar com a PMO, mas fazer um reboot em suas vidas.

Como eu disse a base do meu reboot foi a fé, mas os conhecimetos dos malefícios físicos e entender como a pornografia age no nosso cérebro e organismo foi fundamental. Leiam o ebook e usem o máximo de mecanismos para impedir o acesso a esse mal.

Bem, não queria entrar em detalhes, mas arranjar uma namorada é um dos objetivos que já está quase se cumprindo Surprised haha. Mas sem pressa, tudo se resolve.

Pra finalizar, desejo a todos sucesso no reboot de vocês e uma mensagem que pode ajudá-los:

Você pode estar passando pelo maior problema do mundo, mas há alguém maior que todos eles. Se você não está com mais vontade de viver, está cansado de acordar todos os dias e não ter uma razão para continuar, eu lhe apresento esta. Existe um salvador que lutou e continua lutando todos os dias contra o mal que lhe aflinge. Levante sua cabeça e entregue sua vida ao senhor Jesus Cristo.

Independente de estar em uma igreja, ele lhe guiará em todos os seus passos. Ele conhece todas as suas fraquezas, decepções e alegria, e por isso ele pode te salvar de tudo. O maior presente, creio eu, que posso dar a vocês rebooters, é o conhecimento de que há salvação para todos nós, e isso por intermédio da fé em Jesus Cristo. Esqueça tudo o que você já ouviu desses pregadores, cientistas ou qualquer pessoa. Sua fé deve ser apenas nEle, não em uma religião. Sua maior mensagem foi o amor a Deus e ao próximo, e portanto espero que esta mensagem alcance a todos vocês. Só existe paz com ele e com mais ninguém .

Fonte: http://comoparar.forumeiros.com/t2939-seu-madruga-17-anos-reboot-completo