2

Regressando do Reboot

Olá, Se você não me conhece deixe eu me apresentar antes de continuar. Very Happy
Sou da seção adolescentes, atualmente tenho 18 anos e sou tipo de pessoa que escreve demais. Por último está e a segunda vez que completo reboot.
Fica uma dica: Se quiser ignorar a chatice da história pula para o final, tá?

Sumário:
– Pros e contras
-Minha longa história
– O Reboot
– Conhecimento sobre o Vício
-Motivos que me fizeram chegar aqui sem Pornografia
– E-book (Entendo a PMO com MS-Voly)
-Agradecimentos

PROS do Reboot:                                     Contras do Reboot:

-Mais determinação                                             Carregando…
-Aumento da Memória
-Menos Procastinação
-Mais tempo
-Melhora no Sociabilidade
-Mais Produtivo
-Diminuição do desanimo
-Preguiça ausente
-Controle de si próprio

Meu Inicio

O meu começo foi por indicação de amigos. No fundamental (Entre há Quinta-Sexta Seríe) Um determinado dia falaram sobre masturbação e cada um estava contando as suas experiências. “Que era ótimo”, “Já tentou”,”Faz que delicioso” “Nem saiu leite, Criança você”. rsrsrs

E Pah, já estava me masturbando aos 11 anos. Era um sentimento muito prazeroso, renovador e imperdível. Aquele momento que eu sou gênio por ter feito a grande descoberta. Masturbação dá Prazer UHAUU

12 ANOS


“Descobri que tem como ver pornografia no celular e ainda tem jogos em Java”
UHAUUUUUUUUU que descoberta.

Nessa época começou o ápice da M e P. Era direto, virou meu “momento sagrado”. Sentava, pensava um pouco, refletia comigo mesmo e pensava em grandes téorias de como eu ia começar a punheta matinal e ia para o contéudo “sagrado”. As Revistas pornograficas e os joguinhos (Que diga de passagem, era muito toscos). Eu pirava vei. Tu via aquele carinha podendo escolher várias mulheres (Ele é foda) Quando crescer quero ser igual há ele.

Eu conhecia uma garota que gostava muito, porém a pornografia acabou criando um grau de superioridade e começando a mudar a minha mente. Quando vê já tinha se distanciado e criado uma vergonha enorme. (Momento da BAD)

Foi nesse momento que como qualquer um, me tornei um mestre em esconder e mentir. Um dos meus irmãos já chegou a ver minha pasta na época. Quase que deu merda porém somos mestres. (Entoquei a pasta e comecei a criar meu buraco na pornografia.

13 Anos – 14 Anos


Momento onde o ápice estava no seu máximo. Já não sastifeito com as revistas da gretchen Brincadeira, nunca vê não. Eu fui para o Porno e Jogos Pornograficos. Ai o garoto não aguentou.

Foi como se eu tivesse entrando em uma sociedade secreta, foi incrível ter tantas mulheres na minha “frente”. Outro mundo, minha mão chega tremia de tanto contéudo. “Nesse momento eu senti o que era estar brizado,fora de si e estando além desse mundo”

Além disso acabei consumindo Pornografia em forma de desenho, os famosos (Hentais).
Hoje me pergunto porque me masturbava para isso. Talvez seja que dentro do contéudo que via, as mulheres eram semelhantes ao porno real (Então dá no mesmo).
OBS: Acredite ou não, Pelo menos tinha história descente (algumas vezes)

15 Anos – 16 ANOS

O Ápice já tinha acabado. Comecei a ver as consequências. Já não tinha tanto foco, pensava que era assexuado,se tornei mais isolado do que o normal, não tinha tesão por mulheres reais comparado a pornografia e não tinha grande interesse em arrrumar algum namorada.
“Minha mão faz esse trabalho melhor”

Comecei a sentir culpa e fazer metas para parar com tudo isso. Porém sempre falhava.
“Deixa para amanhã”, “semana que vêm”, “Mês que vem” e Pah. Se passou um ano.

Eu continuava consumindo o mesmo contéudo: Mulher com homem, Mulher com mulher é os Hentais. Até que meu prazer estava baixo ai acabei pesquisando outras coisas:
Incesto, simulação de estupro é só. Esses dois itens me deram prazer, porém eu renegava (mesmo no lixo achava aquilo errado).

Durante os 16 anos foi quando me veio a ideia “Vou me esforçar mesmo para parar”.
Não consegui passar de Duas semanas.

– 17 Anos –

Cheguei o momento que a pornografia já estava me cansando. Comecei a procurar pela internet igual ao maluco sobre P e M. Vê opiniões diversas, mas a maioria erá.
” A Pornografia é benefica se não estiver afetando a sua vida” e “Não tem limite para se masturbar, se estiver seguindo a sua vida tudo beleza”

Com esses grandes conhecimentos em minha mão “Voltei a pornografia”. Porém mesmo estando meses, fiquei com um pé atrás (tinha algo de errado).

Então… Tcharam! Conheci esse fórum. Fiquei com receio (Pow eu não sou víciado) não vou participar desse fórum. Fiz um esforço (Ignorei o ego que tinha) E ao ler que tinha:

Abriu minha mente, comecei a ler ativamente e cara, Tem tanta gente lutando contra isso.
Eu tenho que tentar também. Criei meu diário e fui em busca dos 90 Dias e consegui.
Porém faltou conhecimento, eu ia relatando e como ninguém falava (Você está errado aqui é ali), (Não continue assim). Aos poucos eu fui criando brechas que no final fizeram eu largar tudo que eu tinha conquistado é largar o Reboot é Fórum.

Foi uma época perturbada, mas aprendi bastante com meus erros. Me joguei no vício novamente. Porém não foi como era antes. Se tornou cansativo se masturbar por se masturbar. O Contéudo era atraente, mas minha mente não tinha tanta energia para mesma coisa.

Se tornou Rotina e a vontade só batia por Tédio. Até que “briguei” comigo e falei. “Para de fugir dos seus problemas”. Foi nesse instante que eu voltei com tudo.

UFA! Essa e história antes do reboot atual (agora vem o importante).

O Retorno á Caça (O REBOOT)

Voltei com sangue nos olhos,retornei para eliminar o vício de vez. Foi complicado por já ter errado tantas vezes. Não sabia se a próxima seria mais uma falha ou acerto. Mesmo assim segui em frente como um Cego.

Nas primeiras semanas foi complicado colocar na minha mente que nunca mais iria me masturbar e ver pornografia. Meu corpo tremia e minha mente se confundia.

Superando isso,Acabei completando os 90 Dias.  Cool

Conhecimento (O mais importante de todo esse relato)

Quando eu estava na pornografia minha mente estava louca. Eu observava as mulheres como meros objetos, não pensava que mulheres serviam para outra coisa se não sexo.
Achava que depressão era legal e ficar sozinho era a melhor coisa a se fazer.

Conheci o Reboot achando que isso não iria funcionar. Era perda do meu tempo, estava na espera de voltar com tudo a pornografia. Acabei errando (Que bom).
Tudo isso foi sumindo graças a diversas mudanças, principalmente parar com a pornografia. Então vale a pena sim.

Motivos que me fizeram chegar aqui sem pornografia

Você retorna a sua mente sã, já não tem aquelas fantasias quando dorme. Não fica parado durante o trabalho pensando no vídeo que foi ontem e quão desesperado está para ver aquela mulher linda na webcam nua só “pra você”. Já não precisa se preocupar em esconder todos seus arquivos pornográficos (você não tem mais nada para esconder).

Seus problemas serão enfrentados da melhor forma:
Sentindo a dificuldade que ele trás, a tristeza. Porém não fugirá dele para uma mulher que nunca vai te conhecer. Irá lutar de frente, sem ter medo do que vier. Com firmeza!

Pornografia não te dá prazer (só por mílesimos segundos), Não te traz felicidade (só te fode do começo ao fim) desculpe, mas melhor palavra não existe.

Não te da autoconhecimento (Não é batendo punheta que saberá fazer uma mulher sentir prazer que vai chegar há se contorcer toda, surreal  Cool ).

Não mata a fome sexual
(só aumenta) Não é vendo videos e fotos de uma Ferrari que conquistará uma. Se continuar de forma exagerada (Ou se torna um mecanico pelo fascínio ou cria uma obsesão. (Só troque as coisas que a pornografia é a mesma coisa).

Não faz com que aprenda sobre o Sexo
(Te ensina que cuspida na genital e legal, Bater para machucar dar mais prazer e chamar ela de vadia e a coisa mais foda). Que educação. NOSSA.

Pornografia muda sua mente (Coloca que o sexo e a principal coisa no universo)
Faz com que você busque uma mulher por que ela tem um buraco para você colocar (Seja dita a verdade). Que importa se ela pensa? só quero o corpo mesmo.

Pornografia nós isola do mundo (Vivemos para ela), só ela, essa “mulher” tão gloriosa tem a nossa atenção.

Por esses e outros motivos que eu Larguei o vício. Estou aqui hoje relatando a minha vida. Não faz mais sentindo estar nele. Se tiver algo nas suas costas, jogue esse peso e comece o Reboot.

Entendendo a PMO com MS-Voly:

Criei um PDF que tem todas as postagens relacionadas a Pornografia que estão em meu Diário. Se quiser ler esta ai. Adicionei algumas coisas que não estão lá.

São 71 Páginas.
Link: https://mega.nz/#!2B1nVLDb!h2Am9nFGQRUypn44HgTHFMAu_OwzWvCAjTPpO47AkSE

Me desculpe, não sei escrever sobre mim rs. Muito obrigado há todos que leram isso até o final, que acompanharam o meu reboot. Agradecimento ao Projeto por ter criado esse espaço e ter feito um E-BOOK que abre mundos.

Claro, não vou esquecer de vocês: Zepir  Toguro Mauricio 28065 CapitãoCaos Jack Lobo Solitário Pollinekeslleni1 Blpr Sherlock Homes P&H Se esqueci de alguém me avise  Embarassed

Até mais.  Cool

Fonte: http://comoparar.forumeiros.com/t3593-ms-voly-o-cacador-guia

  • Anderson Silva

    Estou pensando em começar, só que tenho duvida: Tem que largar TODO o conteudo artificial como paginas de fb e blogs postando fotos bonitas e até sexys exatamente do seu tipo preferido de mulher? (não contendo nudes total, e raramente me masturbando com elas)
    E outra, consumo pornografia umas 2x por semana, sempre que sinto vontade sexual vou direto nela,já é motivo pra reboot, correto?

  • Para efeito do Reboot, você deve parar com toda a pornografia. Isso é tudo. Quanto aos outros conteúdos citados, eles são gatilhos para uma mente viciada, portanto, principalmente no inicio do Reboot é importante abandoná-los também pois isso irá acelerar o seu processo e evitar que você tenha recaídas. Quanto à frequência de consumo, pornografia tem o mesmo efeito que qualquer droga. Ou seja, não importa se você consome uma vez por semana ou dez vezes. O ponto é que o consumo, qualquer que seja, causa alterações no seu cérebro e no seu sistema nervoso, alterações que levam à uma série de consequências negativas. Logo, quanto mais cedo você parar com isso, melhor para a sua saúde e qualidade de vida.