11 meses de reboot.

42anosHoje eu me considero completamente curado. Tenho 42 anos, pouca experiência sexual e estou fazendo o reboot há 11 meses. Durante este tempo eu passei de não conseguir ter uma ereção para conseguir fazer sexo normalmente sem a ajuda de remédios.

Aqui está um pequeno relato da minha jornada:

Minha história com pornografia

Eu comecei a ver pornografia quando era um adolescente nos anos 80, usando revistas. Depois, com a internet discada e finalmente com a internet ultra-rápida. Eu fazia isso de 3 a 4 vezes por semana.

Meus problemas com a pornografia 

Eu tive a minha primeira relação sexual com 25 anos. Nessa época eu já sofria com DE, tendo ereções fracas e ejaculação precoce.

Porém, um ano atrás (depois de alguns anos sem uma namorada) eu comecei um novo relacionamento e não consegui ter uma ereção mesmo usando ciális. Esse foi o ponto mais baixo da minha vida e eu fiquei com medo de que nunca mais teria uma vida sexual satisfatória novamente. Foi assustador pensar que eu nunca mais seria capaz de sentir o prazer de um sexo oral, por exemplo.

Meu caminho para o reboot:

Alguns dias depois desse incidente eu li um pouco sobre o YourBrainOnPorn. Depois que meu medico falou que eu estava saudável fisicamente e que isso provavelmente era um problema psicológico ou de ansiedade eu procurei um terapeuta na minha área e descobri um pouco sobre o vicio em pornografia. Ele descreveu a minha situação perfeitamente e eu comecei o reboot no mesmo dia em outubro de 2013.

Parar com a pornografia foi fácil. Eu tinha um monte de motivação para parar por causa da minha nova namorada e nunca tive problemas com recaídas. Eu queria melhorar nossa vida sexual o mais rápido possível, então eu parei completamente com os remédios para disfunção erétil.

Minha recuperação:

Esse novo relacionamento começou como um relacionamento a distancia. Podíamo-nos ver apenas uma vez por mês. Em termos de reboot eu alternadamente me abstinha durante esse tempo já que eu não podia ver minha namorada e “religava” com sexo normal quando estava com ela.

Eu também melhorei a minha vida em geral. Mudei-me para uma nova casa, e procurei fazer o relacionamento com o meu trabalho funcionar melhor.

Nos primeiros três meses minhas ereções começaram a voltar devagar. Eu usava remédios para ereção em altas dosagens, mas a baixa libido e a baixa sensibilidade ainda estavam fortes, então as ereções eram fracas e eu não aguentava muito.

Eu fiz meu maior progresso do mês 4 para o mês 6. As ereções começaram a durar mais, o sexo oral começou a ter um efeito. Eu tive que manter a frequência dos meus orgasmos baixa, porque eles me colocavam de volta na flatline se eu os tinha com muita frequência.

Nos meses 7 para 9, eu reduzi a quantidade de remédios para ereção que eu tomava. Minha frequência de orgasmos começou a melhorar ao ponto de eu poder ter um orgasmo por dia sem perder a libido ou voltar para a flatline. Desde o mês passado (agosto de 2014, o 11º mês do reboot) eu posso penetrar minha parceira satisfatoriamente sem ajuda de qualquer tipo de remédio.

Meu conselho:

  1. Comece a vive uma vida onde a pornografia não tenha mais lugar. Gaste a energia que você investia em pornografia em melhorar a sua vida social, seu trabalho, em estar com as garotas, preferencialmente em relacionamentos baseados na confiança;
  2. Seja proativo em relação ao reboot, não fique sentado simplesmente aguardando para que a sua vida melhore, trabalhe sobre os seus problemas. Remédios para DE podem ajudar somente se você tiver passado pela faltline e desta forma aumentar a sua confiança durante o processo.
  3. Não fique obsessivo sobre os detalhes do reboot. Seja consistente em ficar longe da pornografia e a ter a religação com sexo normal, que o tempo fará o resto.
  4. Eu sou grato ao YourBrainOnporn e a sua comunidade. Eu vou ficar no fórum mais um tempinho mas logo vou adiante e assim concluir essa etapa da minha vida.

Fonte: http://www.yourbrainrebalanced.com/index.php?topic=23717.msg397243#msg397243