A insurgência

Olá pessoal, completei o reboot faz uns dois dias e vim aqui postar minha jornada até aqui. Vou contar tudo desde o inicio. Antes do descobrimento da PMO, quando comecei a praticar, o que me fez descobrir mais sobre o vicio e o processo de 90 dias.

Sem mais demoras, vamos ao que interessa. Razz

Lembranças de um andarilho

 

Musica pra acompanhar? https://www.youtube.com/watch?v=_UUyl5uGe9E

Bom, sobre minha infância, ela foi normal. Sempre fazia o que era de se esperar de uma criança/pre adoceslente. Tinha amigos na escola, estudava, jogava e meu contato com a internet era bem pouco pois na época era discada. E sempre que podia eu procurava por jogos em flash pra baixar e jogar no pc durante a semana. A primeira vez que tive contato com a P foi aos 8 ou 9 anos por um amigo q tinha no celular dele, mas não demonstrei interesse, pra falar a verdade fiquei mais assustado, nunca tinha visto algo assim antes. Se passou mais uns anos e com 11 eu vi um amigo meu que morava na mesma vila assistindo na casa dele. Eu sabia que era errado e mas não conseguia parar de olhar para o video. acho q assisti aquilo quase todo. Depois eu corri pra casa e foi então que comecei a procurar por isso na internet já que tinha banda larga em casa. Mas, aconteceu umas coisas em que precisei me mudar, então fiquei um longo tempo sem internet.

Por conta dos motivos que me levaram a mudar de casa, eu fiquei bastante abalado, não conseguia entender o porquê. “Por que tudo aquilo tinha que acontecer?”, “Por que fizeram isso?”, “Me arrastaram até aqui e me isolaram de tudo”. Isso vivia na minha mente todos os dias. Fiquei assim e quando tive internet, tentei procurar meus antigos amigos e quase não lembraram de mim. Foi ai que desabei mesmo, “minha existencia foi apagada por só porque sai do bairro?”, então, sem rumo nenhum e comecei a tentar recomeçar a vida ali onde eu estava morando. Conheci algumas pessoas e pro meu azar elas assistiam bastante P. Então meu contato com isso volto e bem pior, porque descobri a M também. Foi ai que tudo começou a mudar.

A peregrinação para o vazio

 

mais uma musica? https://www.youtube.com/watch?v=TRP3kBsMsMI

Com um modem 3g, era horas e mais horas procurando por fotos (a franquia nao permitia que eu procurasse por videos, ja que todos em casa usava a net tambem, que por um lado foi bom por segurar minha onda) que fosse de meu agrado, a famosa “foto perfeita”. Bastava um tempo em casa que a procura era imediata. Nesse tempo eu estava falando menos na escola, em casa e qualquer outro lugar, fora que minha mente estava super poluida, tudo que eu via ou ouvia era maldade voltada a p. Meu rendimento diminuiu horrores e fiquei paranoico de me descobrirem vendo isso. Checava as coisas mil vezes pra ver se tinha deixado alguma coisa que me comprometesse. E veio a vergonha de falar com as garotas, pelo mesmo motivo de antes, medo de me descobrirem.

A desconfiança estava a mil, me irritava por qualquer coisa. Era quase insuportavel me aturar.(Minha família realmente teve paciencia comigo, viu Laughing) passou mais um tempo e fiquei sem internet de novo . e as coisas começaram a se acalmar. Nunca passava pela minha cabeça que o motivo disso tudo era a pmo, digo, em respeito aos sentimentos de angustia e irritabilidade. Estava começando a achar aquilo tudo normal, era normal viver distante de tudo e todos. Ouvia varias vezes o pessoal falando que eu deveria ser menos timido. Pra mim eu nunca tinha sido timido( quanta besteira  Suspect) e era só encheção de saco.

Consequências  de um caminho errante…

 

 

(não achei uma imagem sem o emblema do jogo e.e)

 https://www.youtube.com/watch?v=mFBQ7S2fWD4

Aqui começa o desastre total, bom tempo depois. Ainda afundado em P e M, eu já não esperava muito da vida, passei a somente existir. Não falava direito, não fazia quase nada, quer dizer, só a porcaria do vicio. Passei a viver em torno disso, o pouco que fazia era pra ter mais tempo em P. Chegava em casa correndo e corria pro pc ou celular. O que fosse me fazer entrar no vicio… Então, minha irmã conversava com uma amiga pela internet, que por sinal era muito atraente, e o idiota aqui foi procurar saber mais. Jogavamos o mesmo jogo, então acabei esbarrando com a garota por la, e a gente foi conversando. Depois de dois meses, no recesso da escola, numa conversa com a minha irmã eu deixei escapar que sentia algo por ela, mas que tinha medo de falar isso, ( pra mim era inaceitavel que eu praticasse aquilo enquanto namorava ela, pra mim era como se fosse traição) não sei como a garota soube da conversa( Rolling Eyes) e ela teve a atitude de começar um namoro, mesmo que pela internet. Consegui ficar um mes longe disso, mas depois…

Essa parte é um pouco delicada, preciso dar o maximo de detalhes. Aconteceu muita coisa de uma vez. E tenho um certo desgosto de lembrar…

Primeiramente, o namoro ia muito bem, mas pra mim era algo a mais para esconder. Enquanto não tocasse no assunto estava tudo bem, era o que passava na minha cabeça, até que chegamos no assunto e… eu menti dizendo que não fazia… Ela estranhou muito, mas minha mentira conseguiu parecer uma “verdade” e dai só complicou as coisas porque se eu soubesse muito do assunto (sexo), ia gerar desconfiança, com desconfiança, eu ia ter que falar a verdade. Que era o que eu não queria. Tenho a plena certeza que um dos motivos do namoro acabar além dos fatos que aconteceram( que prefiro não comentar sobre, desculpe), essa mentira contribuiu pra isso. Não pude ser eu mesmo e isso só aumentou a bola de neve.

Cheguei num ponto onde explodi, usei o termino do namoro como desculpa para o pessoal(amigos,familia. Eles souberam do caso) e cai quase morto no chão sem esperança de levantar. Era um mentiroso, viciado e quase(ou totalmente) depressivo, minhas atitudes não batiam com alguém temente a Deus… E fiquei meses arrasado, não sabia o que fazer para consertar as coisas e sair do grande buraco em que me meti.

https://www.youtube.com/watch?v=p3SJW8mIJ9M (Não q eu goste de vocaloid, mas essa musica me marcou bastante.)

Daí em diante foi só besteira atrás de besteira, e com o vicio piorando. Estava fora de si, me deixei levar por essas coisas que eu mesmo criei e estava dominado por esse mal… Virei um refém de si proprio.

Sabe aquela mão amiga que vc recebe quando tudo estava perdido? Foi assim que vi a Deus e comecei a levar minha crença mais a sério. (mesmo eu sentindo que é muita hiprocresia e arrogancia de minha parte fazer isso depois de anos Neutral ) Começou com uma mudança de casa, (ainda era no mesmo bairro) e logo em seguida minha vida.

Nascendo de novo

 

https://www.youtube.com/watch?v=59M5z0c8YtE (ta acabando)

Aqui eu comecei a mudar um pouco, minhas atitudes, um pouco do meu estilo(estava mais animado, embora continuasse sereno), e procurando mais conhecimento da Palavra e do que eu precisava aprender(escola e curso). Isso se iniciou em novembro do ano passado, aquele mes foi incrivel. Estava sendo restaurado e começando a consertar tudo de errado que eu fiz, senti necessidade de pedir perdão varias vezes a Deus, aos que me cercavam, e a mim mesmo. Foram varios dias de aprendizado sobre diversas coisas, e estava gostando de tudo aquilo e me sentia vivo outra vez, mesmo que por pouco tempo, sempre lembrava do que tinha feito antes e logo vinha o desgosto por tudo aquilo.

Com o ano acabando, eu fazia planos pra fazer de 2016 um ano diferente. Um ano da qual eu possa lembrar e não me sentir um grande idiota, que só fazia besteira… Esqueci de relatar mas nesse tempinho eu ainda estava muito reservado, guardava tudo pra mim e não contei a mais ninguem sobre, acho que só voces do forum e minha irmã sabem da historia completa.

Ainda havia algo errado, e era a maldita PMO. Percebi de uma vez que se eu quisesse mesmo reparar tudo que fiz, precisava começar por cortar esse mal pela raiz. Como? Eu só descobri em fevereiro desse ano.

O Reboot

 

https://www.youtube.com/watch?v=dapvcxwH8W8  ( uma boa musica precisa de um bom remix  Cool )

Assistindo um video do brasileiro de aço, que falava exatamente sobre esse vicio em pornografia, tomei ciencia do mal que tinha em mim. No video tinha o link do ebook, e la eu vi mais sobre o assunto. Terminei ele em 4 horas, desesperado pra saber como me livrar disso e começar uma nova vida. Conheci o forum atraves do livro e comecei a tentar o reboot sozinho, pois tinha muita vergonha de escrever algo aqui. Tentei e passei o mes inteiro de fevereiro limpo, mas cai logo em seguida por varias vezes até que dei um basta e criei coragem para entrar no forum. Foi então que surgiu meu primeiro post com uma duvida sobre recaidas e o  Grande Toguro me sugeriu fazer um diario. Aceitei a sugestão e comecei a relatar meus dias aqui, ja estava mais consistente e com 26 dias quando iniciei. Ver que tinha pessoas que lutam contra esse vicio me fez perder a vergonha e continuar atualizando meu diario. Fui vendo varios relatos do pessoal da minha seção(Adolescentes) e comecei a ajudar como podia também. E acabei sendo mais ajudado ainda, existiam varias situações em que me encaixava e o que faziam para supera-las. Houveram os dias ruins sim, dias em que pensava em jogar tudo pro alto e desistir.

 https://www.youtube.com/watch?v=HgRuorGgMWk

Só que eu não podia fazer isso, me comprometi a enfrentar o vicio na frente de todos. Não podia parar assim, fui avançando na medida do possivel. Quase tropeçando, mas fui. Nesses três meses aconteceu muita coisa boa(como comentei no meu diario), minhas atitudes e meus pesamentos mudaram, e pra melhor. Estava me quebrando todas as correntes que me aprisionaram durante todo esses anos. Estava retomando o controle da minha mente, controlando os maus desejos e tentando se mantar no caminho que Deus queria. Minha fé foi restaurada, minha força estava voltando e meu desejo de viver reascendeu novamente. Não como antes, mas de uma forma muito melhor.

Isso mais com todo o apoio do fórum e a graça de Deus, eu me levantei para reparar esses anos perdidos nesse mal do vicio e de tudo de ruim que fiz na minha vida.

Finalizei o reboot, mas ainda tem muito chão pra percorrer.  Arrow

Um novo horizonte

Ultima musica, hehe: https://www.youtube.com/watch?v=HNox1XizacY&index=6&list=PLW5DHzUU4aUepZGfkJF1iiYB-JYZaB-_h  

Bom, ainda não sei o que me aguarda nessa nova jornada que inicia. Mas se estou aqui é porque vcs me ajudaram a chegar.

Queria dizer um “Muito obrigado!” a: Deus, Projeto, Toguro, Jack, Blpr, Canaã, Nazgul, Oliver, Cavaleiro Oculto, MS-Voly, CapitãoCaos, Mefshh, lleni1, Atirador Nordestino, One True Style, Mauricio 28065, Lynk, Abel Abreu (eu não esqueci de ver seu diário, ainda apareço por la!), Giovane Lopes, Lobo.Solitário, Spider, AsasDaLiberdade. A todos que visualizaram o meu diário e aos moderadores. ( Se eu estiver esquecendo de mais alguem, me avise que eu coloco quem tiver faltando Embarassed)

Pra quem quiser olhar meu historico de lutas : Arrow  http://comoparar.forumeiros.com/t3067-diario-de-zepir-missao-completa.

Então é isso, muitíssimo obrigado a todos e nos vemos por ai! king

Fonte: http://comoparar.forumeiros.com/t3429-zepir-a-insurgencia